Renato Fonseca

    Renato Fonseca

    Jaboatão dos Guararapes (PE)
    6seguidores38seguindo
    Entrar em contato

    Comentários

    (130)
    Renato Fonseca
    Renato Fonseca
    Comentário · há 2 meses
    Os neoconservadores sempre espantando pela falta de fundamento nos argumentos. O problema é que por trás desta postura da ação proposta está um grupo que vive de enganar pessoas, pobre das vitimas deles. Imagine se nós heterossexuais tivéssemos que lidar com tal problema. Ora, normalmente, os pacientes não procuram os profissionais de psicologia para "cura gay", mas, para lidar com o sofrimento da aceitação não de sua condição sexual e sim da comunidade que o rejeita (família,igreja etc.) e então o paciente não revela que a sua sexualidade seria um problema, mas os contornos.Não se compara tal drama ao do transgênero. Aliás se o problema for qualquer questão de sexualidade o profissional lidará com o tema, mas, no caso,s erá que os "psicólogos cristãos" lidariam com um hétero querendo mudar sua sexualidade? Seria cômico. claro que não. Pode ser que ele apresente a sua sexualidade como problema, mas, noticiam os conselhos profissionais que se trata de exceção (nunca no sentido da questão homossexual) e que muitas vezes a investigação leva a outros caminhos. Ora, considerar o homossexual como doente é um perigo democrático, ou cobaias como n caso, ou mesmo passivéi de "tratamento por serem livres", é puro engodo, sob outro viés imagine se considerassem os heterossexuais conservadores católicos ou protestantes doentes (homofobia atávica rsrsrs), não se pode confundir pesquisa, pessoas e caráter não científico. No caso homossexual, em regra, ele utiliza de seu corpo livre e esperasse maduro, como deve ser a vida sexual nossa heterossexual. Por outro lado, a pesquisa deve ser feita sem preconceitos, tendo-se cuidado com processos semelhantes a eugenia. Quanto a expressão "não há porque impedir que o cliente e o profissional o façam, é uma opção pessoal. Não se trata de uma cura, mas de um auxílio profissional para os fins pretendidos pelo indivíduo." Ela carece de fundamentação fática, pois, vc está aceitando uma postura, possivelmente, charlatã. Não parece ser a intenção do CRP, no entanto, apenas evitar tratamento não digno aos que aceitam sua sexualidade sem nenhum grilo, que provavelmente é de uma maioria crassa da comunidade. Não andou bem o Magistrado, mas o tema tem chance de amadurecer e esclarecer a comunidade dos motivos de ambos os lados.

    Recomendações

    (589)

    Perfis que segue

    (38)
    Carregando

    Seguidores

    (6)
    Carregando

    Tópicos de interesse

    (15)
    Carregando
    Novo no Jusbrasil?
    Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

    ANÚNCIO PATROCINADO

    Outros perfis como Renato

    Carregando

    Renato Fonseca

    Entrar em contato